22.3.06

Desabafo

Mais uma vez ela está esperando pelo telefonema que não acontece... mais uma formatura que a impede de ouvir a voz de seu amado...
Mais uma noite em que sabe que chegará ao lugar tão querido dos dois e vai esperar em vão... mas tudo bem... sempre vale a a pena esperar...
Ana – esse era o seu nome... mil vezes blasfema em pensamento os caprichos do coronel, mas sabia que essa era a vida de seu amado.
Mulher, esposa, noiva e namorada de militar... quer missão mais dura que a nossa ?! Passamos os dias a espera de nossos amados, mas jamais desanimamos. Guerreiras, estamos sempre prontas a ser o porto seguro de nossos amados.
Um grande abraço a todas as GUERREIRAS, que todos os dias lidam com a batalha de ser e ter o amor de um militar!!!!!!
Obs: escrevi esse desabafo esta tarde, quando mais uma vez esperei por um telefonema que não aconteceu.. devido as famosas formaturas no Comando Militar...


***
Enviado por:
Ana Paula Barreto (23 anos)

5 Comments:

Anonymous Thaís said...

Essas malditas formaturas no comando militar.Nossa,como isso as vezes irrita...
Só nos sabemos como é esperar por uma ligação e ela não acontecer,só nos sabemos como é a angustia de não saber como eles estão, se estão bem ou não,só nós sabemos como é amar um militar...como é pular todas essas barreira impostas em nossos caminhos.
Mas meninas,força,que nós somos o porto seguro destes homens que defendem nossa pátria..

Um beijo a todas...

quarta-feira, março 22, 2006 3:37:00 PM  
Anonymous Ana Paula said...

Olá!!!!! obrigada por terem publicado minha mensagem!!!! esse blog é perfeito para desabafar com outras que passam pelo mesmo drama todos os dias!!!!! bju a todas!!!!

quarta-feira, março 22, 2006 4:54:00 PM  
Blogger Lucy said...

ah... acho q ainda pior é qd conseguimos falar com eles, mas a voz triste, o ar de seriedade e aquela pontinha de pressa q nos deixa angustiadas... principalmente qd não podemos fazer nada pra melhorar o astral deles pq não há o q ser feito... vc está longe, a SIESP está aih com todas as suas preocupações... e ainda mais deprimente é saber q no fim de todo o estresse, não é vc quem vai estar ao lado dele qd ele voltar pra casa buscando descanso... mas é em vc que ele vai pensar!!! Será o coração dele ligado ao seu; mesmo com tanta gente em volta, é o seu olhar q ele busca... SOMOS NÓS QUE ESTAMOS DENTRO DO CORAÇÃO DELES!!! (hehehe... isso é o q importa!)

ah, e o baile? é, das armas... tsc... é só mais "pequeno" detalhe... não serei eu kem estará dançando com ele.

Agora, o q me consola é saber q é comigo q ele ker estar e q o baile não é importante se eu não estiver nele. =))) E ainda que eu esteja, o baile não tem importância... somente eu! (rsss...) E ISSO SIM é o melhor da festa... ;)

Fé, meninas! Muita fé e vamos em frente! =)))

quinta-feira, março 23, 2006 12:15:00 AM  
Anonymous ThAíS! said...

Adorei esse blog! Não namoro nenhum cadete, mas estou sofrendo com uma paixão à distância. Isso me consome por dentro, principalmente início, é tudo mais inseguro.

Eliane, parabéns pelos textos, todos lindos, se o seu cadete tem oportunidade de ler, deve estar com um sorriso de orelha à orelha!
Beijo

quinta-feira, março 23, 2006 2:10:00 PM  
Anonymous carol said...

Mais uma ana que tem essa vida!!!rs...pelo menos eu estou mais calma meninas, as armas aqui do rio foram encontradas, e meu amor está livre de ficar subindo morros...
força para todas

sexta-feira, março 24, 2006 5:32:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home